61ª Legislatura 2023 - 2027

Notícia

Alepa celebra 30 anos do movimento Ação da Cidadania

29/11/2023 8h00 - Atualizada em 16/11/2023 10h31
Reportagem e edição: Lilian Campelo - ASCOM CDHDC
De autoria do deputado Bordalo, será realizada uma sessão especial no dia 30 de novembro, às 9h, no auditório João Batista

Em comemoração aos 30 anos do movimento Ação da Cidadania, uma entidade de união brasileira contra a fome, será realizada uma sessão especial nesta quinta-feira (30), no auditório João Batista, sede da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), a partir das 9h.

De proposição do deputado Bordalo, a Ação da Cidadania foi idealizada pelo sociólogo Herbert de Souza, também conhecido como Betinho, em 1993. O projeto surgiu de uma ampla e abrangente rede de mobilização em nível nacional, com o propósito de amparar cerca de 32 milhões de cidadãos brasileiros que estavam vivendo abaixo da linha de pobreza, de acordo com informações do Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.

Ação Cidadania

O movimento Ação Cidadania realiza diversos projetos que trabalham pelo fim da insegurança alimentar. Dentre eles está o Natal Sem Fome, considerada por eles a maior campanha de solidariedade do Brasil. Segundo o movimento, só em 2018 foram mais de 500.000 pessoas beneficiadas com uma rede de milhares de voluntários por todo o país e que mobiliza grandes empresas, organizações e a população. No Pará do início da pandemia da COVID-19 até o mês de junho deste ano foram alcançadas 451.940 pessoas em 50 municípios. Desde a sua criação, a ação já ajudou mais de 16.000.000 de pessoas em todo o Brasil e é a principal campanha da entidade.

Outra ação é a distribuição de doações para comunidades carentes e tragédias naturais. Eles têm forte atuação na distribuição de alimentos e donativos para vítimas de tragédias em todo o Brasil, tendo atuado recentemente junto às vítimas de Mariana, Brumadinho, das enchentes do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, sul da Bahia, Marabá e no socorro da população indígena Yanomami com 20 toneladas de alimentos e 7 toneladas de outras doações este ano.

Insegurança Alimentar

A insegurança alimentar é uma preocupante realidade que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Ela se manifesta quando indivíduos ou famílias não têm acesso consistente a alimentos seguros e nutritivos em quantidade suficiente para atender às suas necessidades diárias. Esse desafio complexo está ligado a fatores como pobreza, desigualdade social, desemprego e falta de acesso a serviços básicos.

Ela pode ter efeitos devastadores na saúde física e mental das pessoas. A carência de nutrientes essenciais pode levar a problemas de crescimento, desenvolvimento inadequado, deficiências nutricionais e doenças relacionadas à má alimentação. Além disso, a incerteza constante em relação à disponibilidade de comida pode gerar ansiedade, estresse e impactar negativamente a qualidade de vida.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, a partir do relatório "O Estado da Segurança Alimentar e Nutrição no Mundo (SOFI)", divulgado em julho de 2023, pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), revela uma deterioração nos parâmetros relacionados à fome e à insegurança alimentar no Brasil.

De acordo com o relatório, em 2022, cerca de 70,3 milhões de indivíduos encontravam-se em um estado de insegurança alimentar moderada, indicativo de dificuldades para garantir o acesso à alimentação. Além disso, a análise também evidencia que aproximadamente 21,1 milhões de pessoas no país estavam no ano de 2022 enfrentando uma situação de insegurança alimentar grave, caracterizada pela presença de fome.

Para a Sessão Especial cerca de 43 instituições foram convidadas, como o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), secretarias estaduais, Ongs, conselhos, institutos, entre outros.

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br
Horário de Funcionamento: De segunda a sexta-feira de 8h às 14h

Todos os Direitos reservados | 2019