• Item
    ...
Alto Contraste

Notícia

27/02/2024 | 14h08 - Atualizada em 27/02/2024 | 14h33

Deputada Paula Titan presta homenagem póstuma à assessora recém falecida

Reportagem: Carlos Boução

Edição: Natália Mello

A deputada Paula Titan (MDB), procuradora da mulher do Poder Legislativo, usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) nesta terça-feira (27) para demonstrar pesar pelo falecimento de Luna Freitas, 44 anos, sua chefe de gabinete, professora e advogada. A morte foi confirmada no último dia 19. Luna foi vítima de um aneurisma cerebral.

"O nosso gabinete está de luto pela partida da nossa amiga e assessora Luna Maria Araújo Freitas Duarte, que nos deixou de forma repentina e precoce", expressou de forma muito emocionada, a parlamentar. Paula Titan, em seu discurso, disse que iria usar o tempo da tribuna em memória da assessora falecida.

Luna formou-se em direito pela Universidade da Amazônia (Unama) em 2001, e optou por seguir a carreira acadêmica. Mestre em Direito sobre o Estado e detentora da medalha de Ordem ao Mérito Advocatício, também foi presidente da Comissão de Educação Jurídica da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/PA).

A assessora também era professora da graduação e pós-graduação em Direito e Políticas Públicas da Unama e coordenadora da Faculdade de Belém (Fabel). A deputada informou que Luna se dedicava, neste momento, ao exercício de diversas funções. "Realizava vários sonhos e projetos, conciliando funções de assessora parlamentar, coordenadora da Procuradoria Especial da Mulher, do Curso de Direito da Estratego e Cofundadora da LEX Educacional em Castanhal", disse. 

Para Paula, a competência técnica de Luna era inquestionável, mas foi sua essência que a tornou especial e amada. "Generosa, dedicada, humana, conciliadora, empática, em defesa dos mais vulneráveis, sempre disposta a ajudar e a ouvir as dores do outro, uma pessoa linda, inspiradora e de alma iluminada", descreveu a deputada Paula.

A deputada Maria do Carmo (PT), vice-líder do governo, além de se solidarizar com a parlamentar, informou que a assessora falecida foi lembrada, considerada e homenageada na última reunião do Grupo de Trabalho sobre Cultura e Arte, da Procuradoria da Mulher da Alepa, ocorrida na segunda (26/02).

Após o pronunciamento, a deputada Paula recebeu solidariedade dos parlamentares presentes, sendo abraçada e até consolada. Recebeu apoio ainda, através de falas na tribuna, dos deputados Carlos Bordalo (PT), Lívia Duarte (PSOL), e Fábio Freitas (REP). Uma nota de pesar no dia do falecimento foi publicado no site da Assembleia Legislativa do Estado do Pará.