61ª Legislatura 2023 - 2027

Notícia

Programa do governo lançado em Dubai é destacado pelos deputados em plenário

05/12/2023 16h53 - Atualizada em 05/12/2023 16h54
Reportagem: Carlos Boução - AID - Comunicação Social
Edição: Andreza Batalha - AID - Comunicação Social

Na tribuna da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), os deputados ressaltaram o Programa de Integridade e Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da Pecuária de Bovídeos Paraenses, anunciado pelo governador Helder Barbalho em Dubai, durante a realização da Conferência do Clima, a COP28. O programa vem para garantir a rastreabilidade do rebanho pecuário e trabalhado para abrir novos mercados aos criadores de gado do Estado.

O governador anunciou que já conta com apoio financeiro. O programa foi construído por representações dos pecuaristas, dos proprietários de frigoríficos, dos trabalhadores da agricultura familiar e membros de entidades da sociedade civil. Um Comitê Gestor será institucionalizado pelo programa com a presença de representantes destes segmentos sociais e econômicos.

A comitiva de deputados formada por cinco parlamentares, coordenados pelo deputado Chicão (MDB), presidente da Poder Legislativo, contou ainda com os deputados Iran Lima (MDB) e Maria do Carmo (PT), líder e vice-líder do governo respectivamente; Lu Ogawa (PP), presidente da Frente Parlamentar de Apoio a realização da COP30 em Belém2025, e da deputada Ana Cunha (PSDB). Os parlamentares acompanharam o lançamento do Programa.

Redução de novas áreas de plantio e pasto
Para o deputado Carlos Bordado, a pecuária é uma das atividades que mais provocam desmatamento na Amazônia. "Rastreá-lo individualmente é um avanço e significa que o gado será monitorado e se estiver em área que não seja licenciada, o processo de fiscalização impedirá o avanço de novas áreas de pasto", disse. O parlamentar reconhece que o programa vem para conferir sanidade sanitária e confiabilidade ao mercado comprador do rebanho paraense, que é um dos maiores do país. "A rastreabilidade sinaliza para uma redução efetiva de novas áreas de plantio e de pasto, e, portanto, de preservação da floresta e dos biomas, conferindo confiabilidade e rentabilidade a pecuária paraense".

Produção sustentável e transparente desde o nascimento ao abate
O deputado Fábio Freitas (PP) por sua vez, destacou como ponto positivo a rastreabilidade individual do gado dos mais de 26 milhões que compõem o rebanho do Estado do Pará anunciado pelo governador em Dubai. "A medida para a pecuária moldará não apenas o futuro da nossa produção, mas a qualidade e a transparência de nossos alimentos", disse. Para ele, a medida que será implementada até 2026, vem para aprimorar a cadeia produtiva, produtores, consumidores finais e o meio ambiente. "O monitoramento abre portas para uma produção mais responsável, também transparente, sustentável e monitorado desde o nascimento até o abate, facilitando a identificação de eventuais problemas sanitários", fundamentou.

O Pará no centro de atenção mundial com a organização da COP30
"Estou me sentindo orgulhoso com os preparativos da COP30 em Belém, porque há muito tempo se falava da Amazônia, sem, no entanto, dar aos amazônidas um lugar de fala para se fazerem ouvidos", abordou o deputado Gustavo Seffer. Para ele, quem vive na Amazônia, sabe de seus desafios e da necessidade de defende-la. "Queremos preservá-la, mas é preciso garantir aos brasileiros, ribeirinhos, indígenas, e demais que vivem lá, que consigam subsistir e ter dignidade e cidadania". Por outro, ressaltou o papel de protagonista assumido pelo governador Helder Barbalho, que tem colocado o Pará no centro das atenções mundiais, com a organização em Belém da COP30.

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br
Horário de Funcionamento: De segunda a sexta-feira de 8h às 14h

Todos os Direitos reservados | 2019