61ª Legislatura 2023 - 2027

Notícia

Paulo Freire Vive na Amazônia Paraense: Uma Jornada Coletiva pela Educação Popular

01/12/2023 14h51 - Atualizada em 01/12/2023 14h51
Reportagem e edição: Thais Peniche - ASCOM CDHDC
O livro conta com um memorial fotográfico, uma série de textos colaborativos e o seu lançamento contará com aula magna do professor Pedro Pontual

A iniciativa coletiva construída ao longo de 2021 para homenagear o centenário de Paulo Freire, patrono da educação brasileira , culminou na criação de um legado literário intitulado "Educação Popular na Amazônia Paraense: Paulo Freire Vive!", que será lançado nesta segunda-feira (04) às 15h30, no auditório João Batista, na Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA).

A obra foi Organizada pela Comissão de Direitos Humanos da Alepa por meio de seu presidente deputado Bordalo, pela coordenadora da Comissão Priscila Souza, pela representante da Universidade Federal do Pará (UFPA), professora Jacqueline Freire, pelo representante da Universidade do Estado do Pará (UEPA), professor João Colares e pelos representantes do Instituto Paulo Freire, a diretora ngela Biz Antunes e o presidente Moacir Gadotti.

O LIVRO

A obra é dividida em três partes que se conectam - Educação Popular e Direitos Humanos em Tempos de Resistências: Memórias, Tempo Presente e Esperançar na Amazônia; Educação Popular, Pensamento Freiriano, Diversidade, Inclusão e Práxis Educativa na Amazônia; Homenagens: Concessão do Título Doutor Honoris Causa a Paulo Freire pela Universidade do Estado do Pará e Medalha Paulo Frota de Direitos Humanos da Alepa ao Instituto Paulo Freire (IPF).

Essas temáticas envolvem uma variedade de textos, incluindo artigos e homenagens que evidenciam a eficácia contínua e amplamente adotada da metodologia de Paulo Freire em diversas esferas educacionais e sociais da Amazônia. Além disso, reafirmam a ideia de que prestar homenagem a um grande pensador envolve destacar a contemporaneidade e a relevância de suas ideias para um momento específico na história da sociedade.

O Prefácio é assinado pelo professor Pedro de Carvalho Pontual, Presidente Honorário do Conselho de Educação Popular da América Latina e Caribe (CEAAL), Doutor em Educação pela PUC-SP e colaborador da Cátedra Paulo Freire do Programa de Pós-Graduação Educação e Currículo que irá conduzir o lançamento com uma aula magna, destacando a importância deste trabalho colaborativo.

Com 312 páginas, a obra também é composta por imagens dos acervos das celebrações em torno do centenário Paulo Freire, ocorrido em 2021 na Casa Legislativa e abriga um memorial fotográfico com a finalidade de se estabelecer como um registro visual, composto por fotografias e imagens capturadas pelas lentes sensíveis de fotógrafas(os) que participaram das celebrações em honra ao centenário do Patrono da Educação Brasileira.

A obra também reforça com esses registros imagéticos a construção coletiva, que abrange diversos setores da sociedade, como o poder público (legislativo, executivo e judiciário), movimentos sociais, entidades da sociedade civil, universidades e instituições variadas.

CENTENÁRIO PAULO FREIRE

A celebração do centenário de Paulo Freire contou com a realização de uma sessão especial na Alepa, realizada em formato semipresencial e com a participação de diversas instituições da sociedade civil, movimentos sociais e outros convidados. Naquele momento, uma série de atividades foram realizadas para celebrar e refletir sobre o legado do pensador.

Dentre estas atividades estão a abertura da Feira de Economia Solidária e o Seminário do Centenário Paulo Freire, no Teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas. A programação incluiu propostas para fomentar iniciativas de educação popular, alinhadas com a visão renovadora e libertadora de Paulo Freire.

O Centenário Paulo Freire foi uma iniciativa que buscou discutir um projeto de educação inovador e libertador, contando com ampla parceria de entidades nacionais e internacionais. Dentre os colaboradores destacam-se os Grupos de Pesquisa de Instituições de Ensino Superior (IES), o Movimento Sem Terra (MST) e organizações dos continentes Africano e Europeu.

No âmbito das homenagens, destaca-se a concessão do título de Doutor Honoris Causa a Paulo Freire pela Universidade do Estado do Pará (UEPA), bem como a entrega da Medalha Paulo Frota de Direitos Humanos pela ALEPA ao Instituto Paulo Freire (IPF). O discurso de Ana Maria Araújo Freire (Nita Freire) em agradecimento pelo título de Doutor Honoris Causa concedido pela UEPA a Paulo Freire também é contemplado. Além disso, a obra inclui uma reflexão abrangente sobre a interseção entre Educação Popular, Universidade e Direitos Humanos.

O lançamento do livro é um convite para todos os interessados ​​em explorar e contribuir para o diálogo em torno de uma educação que promova a justiça social, a igualdade e a transformação. Ao compartilhar perspectivas diversas e experiências com base na educação participativa, o livro "Centenário Paulo Freire" se propõe a ser uma ferramenta valiosa na construção de um futuro educacional mais libertador.

SERVIÇO

Lançamento: Livro "Educação Popular na Amazônia Paraense: Paulo Freire Vive!"
Data: 04/12/2023
Hora: 15h30
Local: Auditório João Batista- 2º andar- Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA)- Rua do Aveiro, 130- Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br
Horário de Funcionamento: De segunda a sexta-feira de 8h às 14h

Todos os Direitos reservados | 2019