61ª Legislatura 2023 - 2027

Notícia

Medalha Paulo Frota será entregue durante Sessão Solene na ALEPA

12/12/2023 15h33 - Atualizada em 12/12/2023 16h22
Reportagem: Thais Peniche - AID - Comunicação Social
Edição: - AID - Comunicação Social
Destaque para personalidades ligadas ao comprometimento com a defesa dos direitos humanos, as denúncias as suas violações e instituições que se dedicam à construção de uma sociedade democrática

Pela valorização de quem defende a vida e luta por uma sociedade de mais direitos, a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Pará (CDH-ALEPA), presidida pelo deputado Bordalo (PT), realizará nesta sexta-feira (15) a sessão solene de entrega da medalha Paulo Frota de Direitos Humanos. A solenidade ocorrerá às 14h30 no plenário Newton Miranda da Casa Legislativa.

As homenagens acontecem na semana em que se celebra o Dia Internacional de Direitos Humanos, comemorado no dia 10 de dezembro. A última entrega da comenda aconteceu em 2022 no parlamento. Neste ano, mais de cinquenta (50) defensores serão homenageados, dentre eles instituições, representantes da sociedade civil e personalidades que tiveram uma atuação significativa no campo da promoção e defesa da garantia dos Direitos Humanos no Pará.

A homenagem também destaca a contribuição significativa para a promoção da saúde, educação e moradia, visando o maior alcance desses direitos básicos. Neste ano, pelo menos 12 (doze) escolas serão homenageadas com a Medalha Paulo Frota em reconhecimento ao notável desempenho no campo da educação.

Essas instituições se destacaram não apenas pela excelência acadêmica, mas também pela resiliência demonstrada diante do cenário de violência que marcou a educação ao longo de 2023. Em um período marcado por conflitos e adversidades, essas escolas se destacaram não apenas por seu comprometimento com o ensino de qualidade, mas também por sua habilidade em promover projetos que buscam o combate a violência em diversos cenários sociais.

Dentre as instituições homenageadas está a Escola Estadual de Ensino Médio Augusto Meira pela suas atividades de promoção e incentivo ao empoderamento feminino, atividade fruto da Lei Nº 8.911/2019, de autoria do deputado Bordalo, que propõe às escolas paraenses que dediquem uma semana, no mês de março, para tratar de assuntos ligados ao gênero, a carreira, a violência contra a mulher e todos assuntos que permeiam a participação feminina na sociedade. Dentre as atividades realizadas pela escola está o curso de gênero e diversidade.

Na luta em defesa da integridade da vida e dos territórios de diversas comunidades atingidas por grandes empreendimentos, será homenageado Yuri Paulino, representante nacional do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB),o movimento visa unir forças para enfrentar desafios e buscar soluções para as questões relacionadas às barragens, destacando-se como uma voz unificada em prol dos direitos e interesses daqueles afetados por essas construções.

Ainda pelo fortalecimento dos direitos humanos e moradia, também receberá a medalha o advogado Pedro Cavalero, militante pela causa da moradia, presidiu a Comissão de Moradia da OAB/PA, por quinze anos ininterruptos. Advogou para o Fórum da Moradia, e junto com o Ministério Público Federal (MPF) contribuiu na legalização de 22 mil contratos habitacionais da Caixa Econômica Federal, assim como suspendeu inúmeros despejos de famílias carentes.

No âmbito da comunicação e direitos humanos será homenageada a jornalista Catarina Barbosa, repórter independente, Catarina realiza trabalhos para veículos de imprensa independentes ligados aos direitos humanos e ao meio ambiente, a jornalista cobre pautas ambientais e violações de direitos humanos desde 2014 e este ano recebeu menção honrosa no 45º Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, na categoria "Texto".

No quesito direitos humanos e cultura, será homenageado o artista plástico Anderson Jose Favacho dos Santo, o artista é do município de São Caetano de Odivelas e tem participado de várias atividades de projetos sociais, oficinas, exposições, coletivos de pintura, música e graffiti, Educart, palestras, debates sobre expressões visuais, Cidade Ilustrada, Bienais e fóruns de debates ligados aos direitos das pessoas.

Na saúde destaca-se a Associação Brasileira de Saúde Mental (ABRASME) na região Norte que será representada pela psicóloga Marilda Couto, Especialista em Saúde Mental e vice-diretora da Abrasme. A profissional, junto ao deputado Bordalo e outros representantes da pauta são responsáveis pela instalação do Grupo de Trabalho Permanente (GTP) de Saúde Mental na Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa). O Grupo de Trabalho Permanente atua como um mecanismo do parlamento para realizar e acompanhar ações em torno das políticas públicas de saúde mental.

Fortalecendo a importância da promoção de direitos e políticas que abracem a comunidade TEA, a advogada e mãe atípica, Nay Barbalho também receberá a honraria, ela é coordenadora estadual de políticas para o autismo, é advogada, especialista em autismo, presidente da comissão de defesa dos direitos da pessoa com autismo da Ordem dos Advogados do Brasil-seção Pará, além de ser membro da comissão para o autismo do conselho federal da OAB.

Em um campo fundamental do setor de memória e fortalecimento contra as violações de direitos humanos e democracia, destaca-se a homenagem ao jornalista e cineasta Ismael Machado, mestre em Literatura no Pará, com especializações em Semiótica no Rio de Janeiro e Comunicação e Jornalismo em São Paulo, além de seu atual doutoramento em Cinema pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Isamela uma trajetória ligada à defesa dos direitos humanos e democracia, é autor de cinco livros, um dos quais agraciado como livro-reportagem no Prêmio IAP de Literatura no Pará, em 2014.

Com 12 prêmios jornalísticos conquistados, direcionados a questões fundamentais de direitos humanos, meio ambiente, educação e ciência, Ismael Machado também se destacou como um dos organizadores do "Relatório da Comissão da Verdade-Pará", ampliando ainda mais sua contribuição para a preservação da verdade e justiça no cenário brasileiro.

A sessão também terá uma homenagem póstuma a João Evangelista, uma figura política fundamental para o Presidente da Comissão de Direitos Humanos, Deputado Bordalo. Em agosto deste ano, João Evangelista, conhecido como Vanjoca, residente no Distrito de Canaã em Ipixuna do Pará, faleceu vítima de um Ataque Vascular Cerebral. Vanjoca desempenhava um papel crucial ao articular ações de direitos humanos em colaboração com o mandato parlamentar, especialmente na comunidade de Canaã e nos assentamentos próximos a sua comunidade, como Betel e Balalaica. Suas iniciativas estavam profundamente vinculadas à promoção da educação, ao acesso à justiça e à cidadania nessas localidades.

Serviço
Homenagem: Entrega da Medalha Paulo Frota
Data: 1512/2023
Hora: 14h30
Local: Plenário Newton Miranda- Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA)- Rua do Aveiro, 130- Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br
Horário de Funcionamento: De segunda a sexta-feira de 8h às 14h

Todos os Direitos reservados | 2019