19ª Legislatura 2019 - 2022

Notícia

Departamento de Saúde da Alepa conscientiza deputados para prevenção do câncer de próstata

23/11/2021 16h10 - Atualizada em 23/11/2021 18h43
Por Mara Barcellos - AID - Comunicação Social

Com o intuito de promover a conscientização dos homens para o cuidado com a saúde, o Departamento de Saúde e Bem- Estar (Dbes) da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), realizou na manhã desta terça – feira (23), uma ação alusiva ao Novembro Azul entre os parlamentares.

Deputado Dirceu Ten Caten Deputado Carlos Bordalo na campanha Novembro Azul

Na ocasião, foram distribuídos adesivos com a frase “ Se ame, se cuide!”. O objetivo é chamar a atenção dos deputados para a prevenção do câncer de próstata, promovida pela campanha Novembro Azul, que destaca a importância dos homens a consultarem um urologista pelo menos uma vez por ano.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o câncer de próstata corresponde a 13,5% de todos os cânceres no mundo. A cada dia, 42 homens morrem em decorrência do câncer de próstata e aproximadamente 3 milhões vivem com a doença no mundo.

Karla Lobato

A diretora do Dbes, Karla Lobato, destaca a importância da campanha para os servidores, em especial ao público masculino. “Levando em consideração ao Novembro Azul em especial à saúde do homem, além da conscientização, também é um alerta para detectar doenças preventivamente, com diagnósticos precoces para que os tratamentos sejam mais fáceis”, ressalta.

A doença atinge mais os homens acima de 50 anos, com excesso de peso e sedentários. As pessoas de cor negra não apenas têm mais chances de desenvolver o câncer de próstata, mas também de ter a doença de forma mais agressiva. Nesse caso, é recomendável que procurem o especialista a partir dos 45 anos de idade.

Para o presidente da Alepa, deputado Chicão, a campanha serve para incentivar os homens a se cuidarem mais e a diminuir o preconceito e o machismo.

Deputado Chicão, presidente da Alepa

“O homem é criado um pouco diferente da mulher, que é orientada desde cedo a procurar o ginecologista. O homem tem uma formação machista e isso faz com que tenha dificuldade em procurar o médico para cuidar da sua saúde. Essas campanhas são extremamente necessárias porque alerta às pessoas a se cuidarem, o que deveria ser uma rotina na vida delas, principalmente dos homens”, comentou.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o câncer de próstata corresponde a 13,5% de todos os cânceres no mundo. A cada dia, 42 homens morrem em decorrência do câncer de próstata e aproximadamente 3 milhões vivem com a doença no mundo.

O presidente da Comissão Permanente de Saúde no Legislativo Estadual, deputado Dr. Jaques Neves, enfatizou a necessidade de se buscar a prevenção.

Deputado Jaques Neves recebe o Norton da campanha

“A importância desse mês de conscientização é a gente saber que o homem precisa se cuidar, pois várias patologias no homem são assintomáticas. Esse diagnóstico precisa ser precoce, para que a gente tenha mais chance de cura”, orientou.

A Lei

De autoria do deputado Martinho Carmona, a Lei nº 162/2013 instituiu o mês 'Novembro Azul', que visa ações preventivas de combate ao câncer de próstata entre homens em todo o Estado do Pará. De acordo com a legislação, o objetivo é chamar a atenção à saúde do homem durante todo o mês, por meio de iluminação de prédios públicos na cor azul, além de incentivar atividades relacionadas ao tema, como palestras, eventos e outros.

Sintomas:

Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas, mas na fase avançada, os sintomas estão relacionados à dor óssea, dores ao urinar e vontade de urinar com frequência ou sangue na urina e/ou no sêmen.

Prevenção:

Manter uma rotina adequada de higiene diária; lavar o órgão sexual utilizando água e sabão durante o banho e sempre depois das relações sexuais. E também ir ao médico regularmente.

 

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br

Todos os Direitos reservados | 2019