19ª Legislatura 2019 - 2022

Notícia

Salinópolis e suas belezas naturais

23/11/2021 11h01 - Atualizada em 23/11/2021 12h10
Por Ascom - AID - Comunicação Social

Salinópolis é um dos destinos mais procurados pelos paraenses quando o assunto é praia. No meses de julho e dezembro, a cidade chega a receber quase 300 mil visitantes. Salinas, como é usualmente chamada, fica na região nordeste do estado, à 220km da capital e possui aproximadamente 40 mil habitantes.

A economia local gira em torno do turismo e, nos últimos anos, é visível os investimentos que tem chegado até o município, aumentando o fluxo de pessoas e atraindo turistas de todo o Brasil. 

Parando para pensar no motivo que faz Salinas ter tanto sucesso, percebe-se que em poucos lugares você consegue ter tantas opções, desde as paisagens naturais até uma badalada programação noturna. 

Pela manhã, é possível fazer uma programação que pode variar entre as mais belas praias, passeios por rios, furos, igarapés, visitação de ilhas quase que desertas e até se aventurar por entre dunas.

O local mais famoso e disputado é a praia do Atalaia, localizada à 13km da cidade. Possui uma vasta faixa de areia fina e branca e é famosa por permitir o trânsito de carros. Logo ao lado, fica a praia do Farol Velho. 

Uma dica para quem quer fugir do agito, sem perder um dia de sol e mar, é procurar a praia da Corvina. Sem carros na areia, é perfeita para famílias com crianças e de quebra ainda fica dentro da cidade. 

Para quem gosta de aventuras, vale a pena pegar um barco para visitar as ilhas próximas, como a Ilha de Itaranajá e a ilha do Marco que abriga a praia da Marieta. Dois lugares quase intocados, com muita tranquilidade. Também é possível fazer o passeio de barco que sai da praça dos pescadores para ver de perto a fauna e a flora das proximidades e se maravilhar com o berçário das aves guarás, cuja plumagem é um vermelho vivo lindíssimo.

Salinópolis tem seus marcos históricos e podem ser encontrados pelos olhares mais atentos. O farol, localizado no centro da cidade, é o símbolo do município. Em meados do século 19, a primeira tentativa de erguer um farol para alertar navios e barcos sobre bancos de areia na costa, afim de evitar naufrágios, deu em ruínas, já que fora destruído por conta da erosão do terreno onde foi colocado, na praia do Farol Velho. 

Próximo dali, está localizada a Igreja Matriz Nossa Senhora do Socorro. Entre as décadas de 70, 80 e 90, essa era a parte mais movimentada do município, bem próximo à pequena orla da praia do Maçarico, que antes era chamada de 'pracinha'. Hoje ela é point dos moradores da região que gostam de curtir o visual da área.

Caminhar por ali é viajar no túnel do tempo, você irá ver casas no estilo art decó, com suas formas geométricas e designs abstratos, além de residências com os tradicionais azulejos portugueses tão comuns no Brasil.

Texto: Carmem Souza

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br

Todos os Direitos reservados | 2019