19ª Legislatura 2019 - 2022

Notícia

Delegacia da Mulher de Marabá passa a funcionar 24 horas a partir deste final de semana

22/10/2020 0h52 - Atualizada em 22/10/2020 0h57
Por Helena Saria - Procuradoria Especial da Mulher
Procuradoria Especial da Mulher atuou estrategicamente no caso

Deputada Professora Nilse Pinheiro participa de reunião do Conselho da Mulher de Marabá em setembro de 2020A partir da próxima sexta, 23, a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) do município de Marabá (que funciona conjuntamente à Delegacia Especializada no Atendimento da Criança e Adolecente - DEACA) passa a funcionar 24 horas, num momento histórico para o atendimento à violência contra a mulher no município paraense.

A Procuradoria Especial da Mulher da Alepa é parceira do Conselho Municipal de Marabá, onde esteve no passado mês de Setembro para conhecer a rede local de atendimento à violência contra a mulher e propor a instalação da Procuradoria Municipal da Mulher da Câmara de Marabá, uma das mais importantes pautas da ProMulher neste momento de consolidação do órgão.

A conquista desse novo direito se deu após inúmeras articulações, que culminaram numa reunião promovida pela ProMulher, do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Marabá com o Secretário de Estado de Segurança pública, Ualame Machado. Nesta quarta, 21, a Comissão recebeu ofício informando sobre o plantão de 24 horas, que se iniciará no sábado às 08h e terminará na segunda-feira às 08h. O plantão será realizado no prédio do ParaPaz, situado no bairro Amapá, núcleo Cidade Nova.

Representantes do Conselho da Mulher de Marabá comemoram a DEAM 24 horas

Lady Anne de Souza, Presidente em Exercício do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Marabá comemora: "é com muita alegria que nós recebemos a notícia acerca de uma reivindicação que há anos estamos lutando: para que as mulheres pudessem ter atendimento na DEAM. Sabemos que isso é muito importante, porque ela sofrendo violência pode chegar na delegacia a qualquer momento e ser atendida. Então o conselho esteve em Belém e em audiẽncia reivindicou a necessidade de ter uma DEAM 24 horas".

"Fomos agraciadas com essa excelente notícia, que vai consolidar ainda mais a garantia de direitos da mulher na nossa região", celebra Wilma Lemos, integrante do Conselho da Mulher de Marabá e representante da OAB/Marabá, pra quem a comemoração é dupla, tanto como conselheira quanto como vice-presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB. Já Socorro Waladares, também integrante do Conselho da Mulher de Marabá, foi uma das aliadas nessa luta pela DEAM 24 horas. Para ela, valeu à pena essa luta de tanto tempo, pois agora o direitos de milhares de mulheres está garantido, não só de Marabá mas de muitos outros municípios da região, pois a DEAM Marabá também atende municípios vizinhos, de até 100 kms de distância, ou mais. "Estou muito feliz por fazer parte dessa conquista e hoje saber que as mulheres de Marabá estão mais seguras", conclui a Conselheira.

Para Nadjalucia Lima, Secretária de Assistência Social de Marabá, essa foi uma luta encampada pelo Conselho, "que vem constantemente se movimentando para buscar Políticas Públicas que garantam todos os direitos das mulheres, através dessas políticas. Agora, o Governo do Estado através dessa nossa solicitação sinalizou positivo para o município de Marabá que a partir deste final de semana já vamos ter o plantão 24 horas. Parabéns á todas as mulheres de Marabá".

Priscila Veloso, Vereadora e representante da Comissão de Defesa da Mulher, agradece muito às parcerias e o movimento de mulheres. "Parabéns por não terem desistido dessa luta. Esse tão importante atendimento chega à Marabá e reforço nosso compromisso com a causa da mulher. Agradeço à Deputada Nilse Pinheiro e à equipe da Procuradoria Especial da Mulher da Alepa e todos os envolvidos nessa vitória".

"Conseguir a ampliação do funcionamento da DEAM de Marabá foi uma grande vitória para o município, pois sabemos que o maior número de episódios de violência ocorrem pela parte da noite e nos finais de semana, então entendemos que o plantão é fundamental para a garantia dos direitos dessa mulher", explica a Professora Nilse Pinheiro, Deputada Estadual e Procuradora Especial da Mulher da Alepa.

"Mas o trabalho da ProMulher não para por aí, estamos apenas começando, vamos seguir trabalhando de forma incansável para promover a criação de Procuradorias Municipais da Mulher nos principais municípios do estado nos próximos dois anos, dessa forma contribuindo com o fortalecimento da representação feminina na política", conclui a Deputada.

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br

Todos os Direitos reservados | 2019