19ª Legislatura 2019 - 2022

Notícia

Centenário Paulo Freire: Educador receberá homenagem nesta sexta (24) na Alepa

20/09/2021 17h29 - Atualizada em 20/09/2021 17h35
Por Lilian Campelo - ASCOM CDHDC
A homenagem ao Patrono da Educação Brasileira foi apresentada pelo Deputado Bordalo e receberá educadores, representantes da sociedade civil e instituições públicas

Paulo FreireO centenário do filósofo e educador Paulo Freire, que em 19 de setembro de 2021 em vida faria 100 anos, será celebrado em sessão especial na Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA) no plenário Newton Miranda, nesta sexta-feira (24), às 15h, presidida pelo Deputado Bordalo, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Casa Legislativa.

A sessão especial receberá educadores, alunos e todos os interessados em discutir um projeto de educação renovador e libertador para o Pará. Além disso, contará com a palestra do Educador Popular João Colares, professor da Universidade do Estado do Pará e integrante na coordenação da Cátedra Paulo Freire da Amazônia e do Conselho de Educação Popular da América Latina e do Caribe, e da Pedagoga Patrícia Cordeiro, coordenadora das ações com juventudes na Unipop, além de outras programações que acontecerão durante a sessão.

A sessão será transmitida ao vivo pela TV e Rádio web da Alepa, no portal e também pelo canal aberto 8.2 (UHV/Digital) para toda a região metropolitana de Belém. A homenagem ao Patrono da Educação Brasileira foi idealizada por um conjunto de educadores, instituições, movimentos sociais, representantes da sociedade civil e a Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Alepa.

Paulo Freire

O educador e patrono da educação brasileira nasceu em 19 de setembro de 1921 no Recife (PE) e é reconhecido pelo método de alfabetização desenvolvido na década de 1960 e aplicado com sucesso entre cortadores de cana-de-açúcar em Angicos, no Rio Grande do Norte.

A pedagogia de Freire diz que o ensino é uma ferramenta de libertação do pensamento crítico à realidade do estudante e a ampliação dessa consciência social é um caminho para atingir a autonomia. Ele orientou 300 adultos a ler e a escrever em 45 dias ensinando fonemas por meio de palavras que faziam parte do cotidiano dos trabalhadores.

Preso durante a ditadura militar e depois exilado por 15 anos no Chile, Paulo Freire disseminou a pedagogia crítica pelo mundo e até hoje é uma referência para os estudos em educação. Autor da obra Pedagogia do Oprimido, o Pedagogo é o terceiro teórico mais citado em trabalhos na área de humanas, em nível mundial, além de ter conquistado mais de mais de 40 títulos de doutor honoris causa.

Uma pedagogia baseada em um pensamento político que reconhece a existência das desigualdades entre as classes sociais como um grande fator de opressão dos mais ricos sobre os mais pobres. Foi homenageado em pelo menos 35 universidades brasileiras e estrangeiras e aproximadamente mais de 350 escolas ao redor do mundo levam seu nome.

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br

Todos os Direitos reservados | 2019