Dep Bordalo

Deputado Estadual - PT

Notícia

Bordalo solicita a reprodução de livro que conta a história do bairro do Guamá

24/02/2022 13h07 - Atualizada em 24/02/2022 13h12
Por Lilian Campelo - Assessoria Dep Carlos Bordalo
A obra “Entre Dois Tempos: uma breve história do Guamá” traz relatos de moradores mais antigos e traça um registro histórico da periferia mais populosa de Belém

O deputado Bordalo (PT) apresentou na última terça-feira (22), durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA) uma moção que solicita a possibilidade de garantir o apoio e incentivo à veiculação do livro "Entre Dois Tempos: uma breve história do Guamá" resultado de uma pesquisa histórica sobre uma das maiores, periferias de Belém.

O livro de autoria do professor Messiano Ramos de forma didática conta a história do bairro do Guamá e sua importância para a cidade, o autor apresenta uma outra perspectiva da história de nossa cidade, possibilitando a quem lê a percepção de como as periferias possuem história e também abrigam regiões muito significativas para o desenvolvimento da cidade.

Leia Mais: Mandato em ação pelos direitos e defesa das mulheres

Em um dos capítulos o livro remonta a história do hospital conhecido como "Hospício dos Lázaros do Tucunduba", destinado ao tratamento das pessoas atingidas pela hanseníase e foi o primeiro desse gênero na Amazônia. Além disso, traz um pouco da biografia do frade capuchinho Daniel de Samarate, missionário e morador do antigo hospital do Guamá.

Além disso, traz uma importante ferramenta de registro histórico, a oralidade. Moradores antigos do bairro relataram as experiências de quem viveu perto do hospital do Tucunduba. Como no depoimento antigo morador seu Amaral:

"O carro da saúde andava atrás, era um carro feio, parece até um carro fúnebre [ele era chamado cacuri], todo fechado, jogava aí dentro. Eu me lembro até hoje, quando vinham buscar doente em casa, rapaz, que o vizinho denunciava [...], a família procurava esconder, mas não adiantava, os vizinhos denunciavam à saúde. Era horrível, ninguém esperava, quando batiam na porta, aí entravam mesmo, na marra, maior desespero, gritando, chorando, era brabo." (trecho retirado do livro Entre dois Tempos: Uma breve história do Bairro do Guamá, pág.42)

Guamá- um polo de diversidade

Feira do GuamáGuamá é um bairro de periferia localizado às margens do Rio Guamá, com um total de 94.610 habitantes, é considerado um dos mais populosos da capital paraense (Censo 2010).

Abriga a Cidade Universitária Prof.º José da Silveira Netto, campus principal da Universidade Federal do Pará (UFPA) e o Hospital Universitário João de Barros Barreto, também vinculado à UFPA. Além disso, existem alguns portos de carga ao longo da Avenida Bernado Sayão, bem como feiras livres e diversos pontos de cultura popular.

Apesar de ainda ser um dos bairros com maior índice de violência da capital, também como consequência de um processo de preconceito e exclusão. O bairro resiste aos preconceitos e ao processo de formação excludente. Além de abrigar um dos maiores polos de conhecimento do norte, há uma característica de produção cultural significativa. O bairro é lar das escolas de samba Bole-Bole e abriga diversos grupos juninos e os tradicionais cordões de pássaros, como o Tem-Tem do Guamá.

Bordalo e o incentivo do registro da memória em favor da educação

A proposição foi encaminhada à Secretaria de Estado de Educação, a Imprensa Oficial do
Estado do Pará e a Secretaria Municipal de Educação do Município de Belém para avaliação. Além disso, o registro histórico implica em resgatar e preservar a tradição daqueles que contribuíram para o desenvolvimento social, uma oportunidade para compreender como se construiu a nossa própria identidade.

Uma perspectiva de memória da cidade de Belém, possibilitando ao leitor/educando a percepção do seu entorno e uma proposta de inclusão nos currículos escolares como ferramenta de estudo e mais aproximação com a história da periferia de Belém.

* Os textos produzidos pelas assessorias de cada parlamentar são de responsabilidade de seus autores.

Entre em contato


Gabinete

...

Endereço:

Praça Dom Pedro II, 2 - Cidade Velha, Belém - PA, 66020-240


Telefone: (91) 3213-4298/4368

Endereço:

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha

CEP: 66020-070 Telefone: (91) 3213-4200

AID — Assessoria de Imprensa e Divulgação

Todos os Direitos reservados | 2019