19ª Legislatura 2019 - 2022

Notícia

Projeto cria a Semana do Padre Bruno Sechi, em tributo à solidariedade

24/09/2020 9h36 - Atualizada em 24/09/2020 9h44
Por Syanne Neno - AID - Comunicação Social

Está em tramitação, na Assembleia Legislativa do Estado do Pará, um projeto  que institui, no mês de maio, a "Semana Padre Bruno Sechi", como estímulo à pratica da solidariedade.

De autoria do deputado Nilton Neves (PSL), o projeto será um tributo ao padre Bruno Sechi, fundador do Movimento República de Emaús. O texto da proposta ressalta que Sechi é considerado um expoente em termos de humanidade e solidariedade, especialmente no que diz respeito aos direitos de crianças e adolescentes.

A programação da semana deverá incluir palestras e eventos sobre solidariedade em escolas públicas e privadas, igrejas e associações, entre outros, com a realização de gincanas para arrecadação de alimentos.

O legado - Em 29 de maio deste ano de 2020, o padre Bruno Sechi faleceu aos 80 anos de idade.  O padre salesiano foi o  idealizador e fundador do Movimento República de Emaús, que neste 12 de outubro (Dia da Criança) completará 50 anos de atividade em prol de crianças e adolescentes de famílias de baixa renda de Belém. 

Natural da Sardenha, na Itália, Bruno Sechi tem uma história de mais de 50 anos em Belém do Pará, terra onde ele se sensibilizou com a vida difícil de famílias de moradores da periferia e criou, o então chamado Movimento da República do Pequeno Vendedor, para retirar das ruas meninos e meninas que sobreviviam da venda de produtos diversos e estavam expostos ao risco de violência, além de afastados da escola. 

"A morte do padre Bruno comoveu a todos nós e merece todo reconhecimento do poder público, privado e sociedade. E principalmente no que diz respeito à instituição República do Emaús, que completa 50 anos neste 2020. Seu legado em prol da população do nosso estado será perpetuado através desse Projeto de Lei da Semana Solidária Padre Bruno Secchi", destaca o deputado Nilton Neves, autor do Projeto de Lei.

"É bastante louvável essa proposta, resgatando e honrando a memória e os princípios que o padre Bruno escreveu na vida que ele teve aqui, na cidade onde ele escolheu pra morar. É um tributo, uma forma muito interessante de homenagear a figura do homem, sacerdote, do empreendedor, do  gestor e principalmente a figura do formador de opinião. O PL ainda dá uma pista de ações que podem ser realizadas tendo como tema a solidariedade", pontua José Maria Dias, coordenador de sustentabilidade, 59 anos. Voluntário da Emaús nos anos 80 e colaborador há 7 anos.

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br

Todos os Direitos reservados | 2019