19ª Legislatura 2019 - 2022

Notícia

Chefs de cozinha paraenses serão reconhecidos com Medalha Legislativa

23/07/2020 10h31 - Atualizada em 23/07/2020 10h35
Por Syanne Neno - AID - Comunicação Social
Vidas que Mudam é um espaço que mostra como projetos ou ações parlamentares podem transformar realidades

Filho de uma costureira e de um eletricista, Saulo Jennings Simões, o “menino do rio Tapajós”, nasceu em Santarém. Foi com o pai que ele aprendeu a ter um paladar exigente. “O melhor cozinheiro que conheci”, afirma Saulo. Inspirado pelo pai, ele começou a cozinhar por hobby.
 
Até que em 2006, Saulo comprou um terreno às margens do Tapajós, no meio do mato, distante 16km do centro urbano, e resolveu dar aulas de kitesurf para os amigos. Ao final das aulas de kite, oferecia um lanche caprichado para os “clientes”. Foi aí que percebeu que os quitutes faziam mais sucesso do que a pretensa carreira de instrutor, e deu mais atenção à paixão herdada de seu Fabiano.
 
Em julho de 2009, transformou sua casa em um restaurante, que chamou de “Casa do Saulo”. O filho do seu Fabiano se especializou na Escola Laurent Suaudeau, em São Paulo, e viu seu negócio crescer junto com a popularidade nacional. Em 2017, representou Belém como a Cidade Criativa pela ONU. Em 2018 e 2019, foi o vencedor do Prêmio Prazeres da Mesa como melhor restaurante do norte do país. Em 2020, foi novamente indicado.
 
Saulo já assinou cardápios em restaurantes renomados de São Paulo como o Tordesilhas e o Maní. Entre seus pratos mais famosos está um aclamado peixe com creme de castanha do Pará.
 
Medalha Chef Pará - Saulo Jennings tem o perfil na medida para ser um possível futuro agraciado com a Medalha “Chef Pará”. Criada pela Resolução 01/2020, ela será concedida pela Assembleia Legislativa do Pará às pessoas vivas física, chefes de cozinha, paraenses ou que residam há mais de cinco anos no Pará, com reconhecimento público comprovado e com relevância em alta gastronomia e restaurantes no estado.
 
Como as Sessões Solenes estão suspensas na Casa, por conta da pandemia, a data de concessão da medalha ainda será determinada, mas ela fará alusão ao dia 25 de julho, Dia da Culinária Paraense. O projeto é de autoria do deputado Thiago Araújo.
 
“O significado de uma medalha para um chef de cozinha paraense, que não só leva o nome do Pará, como valoriza todos os seus ingredientes, é de extrema importância. Primeiro porque essa pessoa, quando resolve entrar para a cozinha, resolve valorizar não somente sua cultura, seus ingredientes únicos, mas todo o seu povo. Essa medalha vem valorizar e fazer com que mais pessoas venham fazer a mesma coisa. Isso é um reconhecimento salutar. Pra gente, que já ganhou da França a fama de “capital mundial da gastronomia”, ser valorizado no mundo inteiro e não ser valorizado em sua própria terra às vezes é uma lacuna. Então, essa medalha vem certificar, é um pódio pra quem tá fazendo esse tipo de trabalho, não é um reconhecimento singular e sim, plural”, pontua Saulo Jennings.
 
Projeto de Resolução - O regimento interno da Assembleia Legislativa do Estado do Pará prevê em seu artigo 179 o instrumento denominado projeto de Resolução, possuindo assim respaldo jurídico legal para tratar sobre a criação de títulos honoríficos.
“O intuito desse projeto é a valorização de todos os chefs de culinária do nosso Estado. É o reconhecimento para as pessoas que às vezes trabalham de forma anônima dentro desse meio tão fundamental para a economia do Pará. O que a gente quer é reconhecer todas aquelas pessoas que nos ajudam a ter uma culinária excepcional todos os dias. Temos um paladar único, queremos estimular, parabenizar todas as pessoas que constroem esse movimento no dia a dia do paraense”, destaca Thiago Araújo.
 
A data de concessão da Medalha "Chef Pará" ainda será marcada pela Presidência da Assembleia Legislativa. Ela será em formato circular, forjada em dourado ou prateado e conterá o Brasão do Estado do Pará em alto relevo e os dizeres: "Ao Mérito CHEF PARÁ - Estado do Pará".
 
Os homenageados serão notificados pela Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado do Pará da data, horário e local da sessão solene em que receberão a honraria.
 
Reconhecimento nacional - Segundo o Ministério do Turismo, a gastronomia paraense foi eleita a mais bem avaliada do País, enquanto a gastronomia brasileira recebeu nota máxima (muito bom e bom), de 95,4% dos visitantes internacionais, a de Belém chegou ao topo, com 99,2% de aprovação entre as capitais.
 
A medalha simbolizará o reconhecimento de Chefes de Cozinha que utilizam a culinária com ingredientes regionais e das culturas indígenas, temperadas com influências portuguesas e africanas, tendo em seus cardápios os cheiros e sabores da fauna e flora amazônicas, contribuindo assim, para a valorização e elevação da gastronomia paraense a nível nacional e internacional.
Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br

Todos os Direitos reservados | 2019