19ª Legislatura 2019 - 2022

Notícia

Deputados doam alimentos para os abrigados no Mangueirão

23/03/2020 17h29 - Atualizada em 23/03/2020 17h40
Por Andrea Santos - AID - Comunicação Social

"Esta doação é uma contribuição. São 1.000 cestas básicas que a Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) está doando para estas pessoas que estão abrigadas aqui devido à pandemia do coronavírus", disse o presidente da Casa, deputado Dr. Daniel Santos, que esteve acompanhando dos parlamentares Fábio Freitas, Renilce Nicodemos e Victor Dias na manhã desta segunda-feira (23.03) no Estádio Olímpico Mangueirão, para a entrega dos alimentos. "O principal agora é cada um fazer a sua parte, todos os deputados estão fazendo a sua, incentivando a ficarem em casa, é preciso o isolamento. É um momento difícil para todos, só vamos evitar o pior no Pará se todos permanecerem dentro de suas casas. Sobre o trabalho, faça home office. O Pará vai atravessar essa fase com ajuda de todos", completou ele.


"Este momento é de união, os poderes devem se manter em harmonia para pensar no bem da população. Este ato de doação é uma hombridade. Essas pessoas que se encontram no Estádio Olímpico do Mangueirão são as excluídas da sociedade. São moradores de rua que estão, em sua maioria, envolvidos com as drogas. A Alepa vai continuar fazendo a sua parte, estarei auxiliando no que puder", disse o deputado Fábio Freitas.

Segundo o secretário adjunto da Secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda- Pará (Seaster), Miriquinho Batista, ainda não há um número exato, até o momento,  de quantas pessoas estão abrigadas no estádio Mangueirão. "Temos mais de 200 pessoas, toda hora chega gente, estamos fazendo uma triagem, a Sespa tem nos acompanhado, ficamos sabendo como se encontra a saúde de cada um. A presença da Alepa é muito importante neste momento, muito obrigada", disse.


Para o presidente da Cruz Vermelha no Estado do Pará, Jair Bezerra, "Essa ajuda humanitária vem em boa hora, isso é entendimento do compromisso que a Alepa tem com todos. A Cruz Vermelha está num sistema de rodízio de 10 voluntários, dando apoio aos órgãos que neste momento precisam da nossa ajuda e, claro, os desabrigados", falou.


"Estamos à disposição do Poder Executivo, nosso presidente está empenhado nesta luta, todos do Parlamento. Minha gente, é hora de ficar em casa, só é para sair o profissional, o trabalhador que realmente realiza um serviço  para a população. Vou bater palmas para a comunicação, a Imprensa que tem  levado a todo instante as notícias para a população, muito obrigada, precisamos muito de vocês", agradeceu a deputada Renilce Nicodemos.

O Governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, anunciou,  no último sábado (21), que o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, seria o local de abrigo para moradores de rua.  A medida é para proteger o máximo possível a população da pandemia do coronavírus (Covid-19),  no Pará. Medidas semelhantes serão adotadas também em outros municípios do interior.


Sespa

Até o momento, a  Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) confirmou cinco casos positivos da doença no Estado do Pará. O mais recente confirmado é no município de Marabá. Todos os infectados contraíram o vírus nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Foram descartados 101 casos e há 207  em análise. No momento, o Laboratório Central do Estado (Lacen), localizado na Avenida Augusto Montenegro, e o Instituto Evandro Chagas (IEC), na Avenida Almirante Barroso,  são responsáveis pela realização dos testes no Estado do Pará.

Palácio Cabanagem - Rua do Aveiro,130 - Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha - 66020-070
(91) 3213-4200
AID - Assessoria de Imprensa e Divulgação - Email: imprensa@alepa.pa.gov.br | Sistemas
Ouvidoria: ouvidoria.alepa.pa.gov.br

Todos os Direitos reservados | 2019